A pesca da tainha em Bombinhas é um dos mais importantes eventos do ano na cidade, afinal essa é uma das tradições mais antigas da cultura da península e que acima de tudo ajuda financeiramente diversas famílias, além de fornecer uma das maiores especiarias dos pratos típicos de Bombinhas

Tendo início no mês de maio e durando 2 meses, esse lindo espetáculo a céu aberto é perfeito para quem quer vivenciar muitas emoções e momentos únicos. 

Nesse texto você irá conhecer mais sobre a pesca da tainha em Bombinhas para marcar sua viagem sabendo tudo sobre essa tradição especial. Boa leitura! 

Uma tradição que perdura durante séculos, gerações e povos 

Sendo uma tradição que é mantida pelos moradores locais a mais de 2 séculos, a pesca da tainha em Bombinhas é um dos costumes mais antigos da cidade. A pratica já era exercida pelos índios nativos antes da chegada dos colonizadores portugueses, onde era feita em canoas de um pau só e com redes de fibras naturais. 

Porém, com a colonização, os açorianos aperfeiçoaram as técnicas utilizadas pelos nativos até o que conhecemos hoje como a pesca artesanal da tainha. Tais técnicas, até hoje em dia são passadas de pais para filhos, com intuito não só de garantir o sustento das famílias locais por meio da pesca, mas também para preservar esse belo atrativo turístico cultural de Bombinhas

Atrativos turísticos culturais

Um dos atrativos culturais mais belos da cidade 

Podendo ser encontrada na grande maioria das praias de Bombinhas, a pesca da tainha pode ser facilmente presenciada por quem visita à cidade nos dias mais frios do ano. É claro que você deve estar sempre atento no mar, já que qualquer movimento na superfície pode significar um cardume se aproximando. 

Não deixe de visitar as praias mais populares da cidade, como Bombinhas, Bombas, Quatro Ilhas e Canto Grande. No seu passeio você irá avistar os ranchos de pesca, local particularmente charmoso e muito útil para os pescadores nos dias mais frios. 

E claro, por que não aproveitar as paisagens das praias de Bombinhas desertas para tirar lindas fotos e registrar momentos únicos com sua família. Ah, vale lembrar de separar um bom casaco, já que a pesca da tainha em Bombinhas ocorre durante os meses de maio, junho e julho. 

Pesca da tainha em Bombinhas: Um espetáculo a céu aberto 

Todo o espetáculo começa devagar, com pouca movimentação na areia e no mar, já que qualquer movimento mais brusco no mar pode afastar alguns cardumes. Sua missão nesse início é ter um olho atento, fique a todo momento procurando movimento nas águas. 

Se você não é dos melhores observadores, não se preocupe, porque no ritual da pesca da tainha em Bombinhas, temos um participante muito importante, o vigia. Ele é responsável por olhar o mar a todo momento e avisar o resto dos pescadores caso aviste algum cardume se aproximando. Normalmente localizado em posições estratégicas, como nos costões e de preferência no alto. 

Pesca da tainha em Bombinhas

Depois do sinal do vigia se inicia o cerco, ou como é conhecido pelos moradores, o saragaço. As estivas são colocadas embaixo das canoas, as redes ficam ajeitadas dentro da canoa esperando o momento certo de ser jogada ao mar. Após entrar na água, toda a camaradagem (pescadores) entram em ação. O patrão da a direção e ritmo da remada, já os remeiros dão a velocidade necessária, enquanto o redeiro lança a rede ao mar. 

Hora de puxar a rede na pesca da tainha em Bombinhas

Após o cerco completo, se inicia um esforço coletivo entre todas as pessoas presentes na praia. A rede começa a ser puxada em ambos os lados com intuito de tirar as tainhas da água. É aí que temos um dos momentos mais belos desse espetáculo, as últimas puxadas de rede, quando todos tomam condição de quantos peixes foram pescados. 

Se você presenciar um cerco de tainhas, tente ajudar a puxar a rede e se der sorte em pegar um bom lance, quem sabe você não ganhe uma ou duas tainhas para levar para casa. 

Agora que você já conhece mais sobre a pesca da tainha em Bombinhas e sabe como aproveitar da melhor maneira possível esse lindo acontecimento na cidade, entre em nosso site e confira outros passeios, hotéis e pousadas na península mais linda do Brasil. Não perca mais tempo e Visite Bombinhas! 

Pin It on Pinterest

Share This